sábado, 1 de novembro de 2008

É Deus, parece que vai ser nós dois até o final

Não sei se a vida que tenho levado é minha. Mas tenho vivido, e isso já é um começo. Toda experiência é antropologicamente aceitável. Ou quase toda. Amanhã, faltará 1 mês e um dia para ir para minha pasárgada de 5ª... vamos ver quanto poemas ela vai me render.
Assim que tenho contado as experiências que vivo, por quantas poesias e quantas histórias me rendem. Poesias tenho feito como não fazia há muito tempo, desdo meu terceiro ano.
Essa aqui, particularmente, comecei a fazer um dia em que rezava de verdade. Rezava, depois de uma noite de bebedeira, e saiu. Tive que pedir desculpas ao Senhor ou Quem-Quer-Que-Seja que me ouve rezando, e fui escrever. Mostrei a algumas pessoas e estas pediram para eu terminar ela...mas era difícil ter o clima certo, mas tive.

Sábado passado foi um dos dias mais difíceis que vivi. Um dia daqueles que parece que um elefante senta em seu ombro, mas mesmo assim consegui andar, mesmo que torto, mesmo que bambo. Fui caminhar na orla da praia, algumas cervejas e baforadas depois, tinha lido muitas poesias, visto um dia bonito de se ver, e escrito duas poesias...e terminado esta oração.

Vou postar junto dela uma oração de outra pessoa, que gostei muito também, mesmo sendo bem diferente da minha hehe. Escolha a sua e reze todo dia...faz bem, mesmo pros sem fé.

Oração de Boteco

Senhor, ainda que me perca
entre cigarros e bebidas,
entre amantes e meretrizes,
jamais esqueci de ti.

E a cada noite, quando me deito,
todos os pecados do dia afloram em meu peito,
derramo lágrimas
enquanto oro a ti.

Sei que não sou destes filhos beatos,
sou desses que rezo mais por desencargo.
Mas se rezo, é por acreditar em alguma coisa
Maior que isso, maior que tudo, maior que mim.

Gabriel Riva
--------------------------------------------------
Oração

Senhor, faça do meu peito o teu lugar Agradeço por tudo o que consigo Por ser meu pai e por ser meu amigo Seja minha voz, meus olhos, meus ouvidos Afasta-me do perigo de não te adorar. Faça-me instrumento de tua paz Obrigada por nunca soltar a minha mão Agradeço até pelos problemas Que fazem levantar e caminhar Em tua direção.

Analice Alves

Um comentário:

Analice Alves disse...

"Se a cruz pesada for Cristo estará contigo/ O mundo pode até fazer você chorar/ Mas Deus te quer sorrindo".